desestatização

Eletrobras lança oferta de ações para privatização da companhia

Em documento protocolado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa estabeleceu uma oferta primária de 627.675.340 ações e a secundária de 69.801.516 ações.

eletrobras-privatização
(Crédito: Agência Brasil)

A Eletrobras entregou nesta sexta-feira (27) os documentos para a oferta de ações que vai resultar na privatização. Com isso, a empresa lança oficialmente ao mercado uma operação que pode movimentar cerca de R$ 30 bilhões, pelas estimativas do governo.

Publicidade

O início do período de reserva será de 3 a 8 de junho, de acordo com comunicado entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o início das negociações das ações da oferta será em 13 de junho.

Publicidade

A Eletrobras é uma empresa de capital aberto. Criada em 1962, tem como acionista majoritário o governo federal. A empresa a atua principalmente nos segmentos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.