Indicados à Petrobras serão definidos até assembleia no dia 13, diz ministro

A União pode indicar a maior parte dos integrantes do Conselho, já que é controladora da Petrobras

Indicados à Petrobras serão definidos até assembleia no dia 13, diz ministro
(Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O ministro Bento Albuquerque afirmou nesta quarta-feira (6) que os nomes indicados à Petrobras serão definidos até a assembleia de acionistas, marcada para 13 de abril. Além da presidência, o indicado também comandará o Conselho de Administração.

Publicidade

O governo ainda não escolheu os indicados à Petrobras e o prazo até a assembleia é de uma semana. De acordo com o portal G1, Albuquerque diz que não trabalha com adiantamento. “Nunca trabalhei com outra ideia. Não podemos ficar empurrando a situação”, disse ele.

A dificuldade em encontrar novos nomes se deu após a desistência dos indicados a assumir tanto para a presidência quanto o conselho de administração. Depois da possibilidade de serem barrados por eventual conflito de interesses, Rodolfo Landim e Adriano Pires declinaram os convites para a área de governança da Petrobras.

A União pode indicar a maior parte dos integrantes do Conselho, já que é controladora da Petrobras. Jair Bolsonaro decidiu mexer na estatal por não concordar com a política de preços da empresa. A Petrobras pratica preços de combustíveis de acordo com a variação dos valores internacionais.

 Pra o consumidor brasileiro, os preços estão cada vez mais caros, com a alta do petróleo no mundo todo. Para Bolsonaro, o desgaste de lidar com a inflação de combustíveis não é favorável.

Publicidade

Publicidade