Nokia suspende operações na Rússia

A decisão resultará uma provisão de 100 milhões de euros, equivalentes a 108 milhões de dólares, nas contas do primeiro trimestre da Nokia.

nokia-suspende-operacoes-na-russia
Logo Nokia (Créditos: David Ramos/Getty Images)

A empresa de telecomunicações Nokia anunciou nesta terça-feira (12) que suspenderá suas operações na Rússia. O anuncio acontece um dia após sua rival sueca, Ericsson, informar a saída do país.

Publicidade

Desde o início de março, a operadora de redes já havia suspendido o fornecimento de produtos ao país e agora afirma que “pode anunciar agora que abandonará o mercado russo”. De acordo com o portal Uol, a decisão resultará em uma provisão de 100 milhões de euros, equivalentes a 108 milhões de dólares, nas contas do primeiro trimestre da Nokia.

Em 2021, a Rússia representou menos de 2% da receita da Nokia. A concorrente Ericsson suspendeu por tempo indeterminado as operações na Rússia e os 600 funcionários do país estão de licença. Desde a invasão russa na Ucrânia, diversas empresas anunciaram a suspensão de suas atividades no país, o que se intensifica cada vez mais, em decorrência das sanções contra Moscou.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade