CRISE NA BAVIERA!

Após nova derrota, Bayern vive crise e jogador admite “filme de terror”

Depois da terceira derrota seguida na temporada, o Bayern de Munique se distancia de título alemão, tem discussão no vestiário, mas mantém Tuchel

Após nova derrota, Bayern vive crise e jogador admite “filme de terror”
Bayern vive crise no campeonato alemão – Crédito: Getty Images

Como poucos imaginavam no início da temporada, o Bayern de Munique passa por uma das suas maiores crises dos últimos anos atualmente.

Publicidade

A situação ficou ainda pior no último domingo (18), após a equipe perder para o Bochum de virada e acumular o terceiro resultado negativo em sequência.

Depois do jogo, o técnico Thomas Tuchel não concedeu entrevista coletiva, mas falou sobre o resultado para o “DAZN”, ainda em campo:

Não é muito realista (pensar em título), mas nós acreditamos na temporada passada até o final, e é por isso que ainda acreditamos. Mas temos que voltar aos trilhos. Não culpo os jogadores por hoje. Nós não paramos de tentar. A pressão acontece a cada derrota.”

Líder

O resultado fez com que o líder, Bayer Leverkusen abrisse oito pontos de vantagem para o adversário, que foi campeão nas 11 últimas edições da competição.

Publicidade

Uma das lideranças do elenco, o meio-campista Goretzka também se pronunciou e admitiu que a situação vivida atualmente parece “um filme de terror”.

Parece um filme de terror. Tudo está indo contra nós no momento. Claro que podemos dizer que começamos bem o jogo. Mas parece estúpido se limitar a meia hora. No final tentamos de tudo. Agora é difícil acreditar (em título). Não é nem algo para responder agora. Temos que encontrar nossa performance de novo. Claro que não ajuda perder três jogos seguidos. Mas não podemos deixar isso nos afetar”, afirmou o jogador.

Tuchel ainda confirmou que Joshua Kimmich teve uma discussão com um de seus auxiliares no vestiário, mas procurou colocar panos quentes no desentendimento.

Publicidade

Mesmo com a crise, a direção do clube divulgou em nota que o comandante permanece no cargo, pelo menos até a próxima partida.

*Reportagem publicada originalmente em SportBuzz.


Publicidade

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.