Medalhista olímpica, Laura Pigossi avança à semifinal do WTA de Bogotá

São passos importantes para a brasileira que segue a subir no ranking da WTA

Medalhista olímpica, Laura Pigossi avança à semifinal do WTA de Bogotá
Laura Pigossi em partida no Torneio de Wimbledon (Créditos: Julian Finney/Getty Images)

A paulista Laura Pigossi, de 27 anos, assegurou presença na semifinal do WTA 250 de Bogotá (Colômbia), ao vencer na tarde desta sexta-feira (8) a ucraniana Dayana Yastremska, por 2 sets a 1, após partida eletrizante que durou 2h35. Número 212 no ranking  da WTA, a brasileira não se intimidou diante da ucranina, ex-número 21 e atual 102ª, e triunfou com parciais de 6/2, 4/6 e 7/6 (7-3). Pigossi volta à quadra neste sábado (9) contra a anfitriã Maria Osorio, número 33 do mundo. A partida esta prevista para ocorrer após o meio-dia (horário de Brasília). 

Publicidade

“Estou simplesmente jogando, acredito que posso enfrentar qualquer uma e continuar fazendo o que estou fazendo com garra, intensidade e sangue nos olhos, esse é o principal”, disse Pigossi, que faturou ano passado a medalha de bronze nas duplas, ao lado de Luisa Stefani, nos Jogos de Tóquio.

A campanha da paulista na quadra de saibro tem sido exemplar, mesmo jogando a 2,5 mil metros de altitude. Com o bom desempenho, a brasileira subirá várias posições no ranking mundial e já deve figurar em 150º lugar na próxima relação da WTA na próxima segunda (11).

Pigossi começou no WTA de Bogotá pelas qualificatórias: bateu a letã Daniela Vismane (231ª) e depois a chinesa Xiaodi You (300ª), garantindo presença na chave principal do torneio colombiano. O primeiro grande desafio na estreia foi passar pela a francesa Harmony Tan, cabeça de chave e atual número 90 do mundo. E Pigossi superou a favorita, na última segunda-feira (4), por 2 sets a 0 (parciais de 6/4 e 6/3) e avançou às oitavas. Aí a paulista enfrentou, de novo, uma adversária mais bem posicionada no ranking mundial: a georgiana Ekaterine Gorgodze (120ª).  E mais uma vez a brasileira levou a melhor, por 2 sets a 0 (6/3 e 6/2).

Publicidade

(Agência Brasil)