Copa!

País de Gales e EUA estreiam com empate em 1 a 1 pelo Grupo B

Na próxima rodada, a Inglaterra enfrenta os Estados Unidos. Já o País de Gales mede forças com o Irã.

País de Gales e EUA estreiam com empate em 1 a 1 pelo Grupo B
Gareth Bale comemora o gol de empate contra os EUA (Crédito: Michael Steele/Getty Images)

De um lado os Estados Unidos, que ficaram de fora da última Copa, na Rússia (2018). De outro o País de Gales, que disputou seu único Mundial em 1958, há 64 anos. Tanta ansiedade pela volta ao maior palco do futebol mundial fez as equipes protagonizarem, nesta segunda-feira (21), uma partida quente no Estádio Ahmad Bin Ali, pela primeira rodada do Grupo B da Copa do Catar, que terminou empatada em 1 a 1.

Publicidade

Dois lances, logo aos 9 minutos, mostraram que os norte-americanos entraram mais ligados. Num cruzamento para a área, Rodon quase marcou contra. O goleiro Hennessey, de Gales, estava atento para evitar o pior. Depois, em nova bola aérea, a trave salvou os europeus, na cabeçada de Sargent. Essa foi a tônica do 1º tempo, os norte-americanos com mais posse de bola, melhores chances e os galeses sempre se defendendo. Aliás, 64 anos atrás, as imagens ainda em preto e branco gravadas na Copa da Suécia também mostravam o País de Gales sempre na retranca, principalmente contra o Brasil.

Publicidade

O jogo veloz dos dias atuais não perdoa erros, e os Estados Unidos contra-atacaram rápido. Timothy Weah, atacante do Lille (França) recebeu passe em profundidade de Pulisic e avançou livre para bater na saída de Hennessey. 1 a 0 aos 35 minutos do primeiro tempo. Era o fim da retranca.

Timothy Weah, nascido em Nova Iorque no ano 2000, é o filho do presidente da Libéria. Seu pai, George Weah, foi craque de bola nos anos 1990, atuando pelo Milan (Itália), mas jamais disputou uma Copa do Mundo.

Na etapa final, o técnico Rob Page fez uma alteração no ataque para tentar melhorar. O time galês realmente foi para cima, forçou os norte-americanos a fazerem mais faltas e a partida ganhou em qualidade, embora a posse de bola continuasse com quem mandava no placar.

Publicidade

Com o País de Gales mais próximo da área americana, as chances de bola parada foram se multiplicando. Aos 19 minutos, Davies cabeceou bem, mas Turner espalmou de forma elástica. Na cobrança do escanteio, outra testada, agora de Moore, mas desta vez passando acima da meta.

A diferença de comportamento dos times após o intervalo deu resultado aos 35 minutos. Gareth Bale recebeu na área e foi derrubado de forma brusca por Zimmerman. Pênalti claro que o árbitro catari marcou. O próprio Bale bateu com força e balançou as redes: 1 a 1.

Aos 43 minutos, o galês Johnson invadiu a área, mas o chute saiu fraco, centralizado no peito do goleiro Turner, que defendeu impedindo a virada.

O empate deixou o Grupo B em aberto. Enquanto a Inglaterra, com 3 pontos, aparece como favorita óbvia para passar em primeiro lugar, os outros três integrantes prometem lutar muito pela segunda vaga.

Na próxima rodada, a Inglaterra enfrenta os Estados Unidos. Já o País de Gales mede forças com o Irã. Os dois jogos serão disputados na próxima sexta-feira (25).