tensão na ásia

Nancy Pelosi pousa em Taiwan e China anuncia exercícios militares em resposta à visita

Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da China disse que a vista de Pelosi é “uma violação severa do princípio chinês”.

apos-nancy-pelosi-pousar-em-taiwan-china-anuncia-exercicios-militares
Nancy Pelosi (Créditos: Chip Somodevilla/Getty Images)

O avião da Força Aérea norte-americana transportando a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, chegou na manhã desta terça-feira (2) a Taiwan. A visita, que não estava prevista na agenda oficial de Nancy, aumenta ainda mais as tensões entre os Estados Unidos e a China.

Publicidade

Por conta da visita, o governo chinês disse que aviões de guerra de Pequim sobrevoaram a linha que divide o Estreito de Taiwan. Desde a semana passada, o governo chinês vem fazendo ameaças aos Estados Unidos caso a presidente da Câmara fosse à Taiwan, que Pequim considera parte de seu território e, portanto, entende a visita como uma provocação. 

Após pousar, Pelosi disse que sua visita ”honra o compromisso independente dos Estados Unidos em apoiar a democracia vibrante de Taiwan”. “Nossa solidariedade com os 23 milhões de moradores de Taiwan é mais importante do que nunca, em um momento no qual o mundo encara uma escolha entre a autocracia e a democracia”, acrescentou

Com a visita, Pelosi se tornou a primeira representante do alto escalão do governo norte-americano a visitar Taiwan desde 1997.

Em resposta à visita, o Ministério da Defesa chinês disse que colocou suas Forças Armadas em alerta e que lançará “operações militares com alvos específicos“.

Publicidade

Em comunicado após a visita, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da China disse que a vista de Pelosi é “uma violação severa do princípio de Uma Só China, (…) infringe severamente a soberania e a integridade territorial da China, prejudica severamente a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan, e emite um sinal severamente errado às forças secessionistas da ‘independência de Taiwan'”.

Publicidade