Conflito Rússia x Ucrânia

Ataques em Lviv deixam seis mortos

A cidade é próxima à Polônia, sendo uma das principais saídas de ucranianos do país e entrada de ajuda humanitária vinda da Europa

ataques-a-lviv-deixam-6-mortos
Rua de Lviv (Créditos: Dan Kitwood/Getty Images)

Bombardeios em Lviv, cidade no oeste da Ucrânia, deixaram ao menos seis mortos e oito feridos nesta segunda-feira (18), segundo as autoridades locais. A cidade é próxima à Polônia, sendo uma das principais saídas de ucranianos do país e entrada e ajuda humanitária vinda da Europa.

Publicidade

Andriy Sadovyi, prefeito da cidade, afirmou que “cinco ataques de mísseis direcionados à cidade”, por meio da sua conta no Twitter. De acordo com o portal G1, os bombardeios atingiram instalações militares e um depósito de pneus, o que provocou uma grande explosão.

“Os serviços de ajuda relevantes foram enviados ao local das explosões. Estamos esclarecendo os detalhes sobre o ocorrido”, completou o prefeito de Lviv. Neste final de semana, Lviv e Kiev foram alvos constantes de ataques russos, apesar do recuo das forças no oeste ucraniano.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.