Negociações em pausa

Elon Musk diz que equipe jurídica do Twitter o acusa de violar confidencialidade

Na sexta-feira (13), o bilionário afirmou que o acordo de compra da rede social por US$ 44 bilhões estava “temporariamente suspenso”.

elon-musk-diz-que-equipe-juridica-do-twitter-o-acusa-de-violar-confidencialidade
Elon Musk (Créditos: Theo Wargo/Getty Images)

O bilionário Elon Musk afirmou em suas redes sociais que a equipe jurídica do Twitter o acusou de violar um acordo de confidencialidade, ao revelar o tamanho da amostra para as verificações da plataforma sobre bots (robôs) e contas falsas, que era de 100 perfis.

Publicidade

“O departamento jurídico do Twitter acabou de ligar para reclamar que eu violei seu NDA ao revelar que o tamanho da amostra de verificação de bot é 100!”, escreveu Musk em seu Twitter. De acordo com a empresa, esse dado é interno e confidencial.

Na sexta-feira (13), o bilionário afirmou que o acordo de compra da rede social por US$ 44 bilhões estava “temporariamente suspenso”, enquanto ele aguardava os dados sobre contas falsas na plataforma, de acordo com o portal G1.

Horas depois a declaração, ele afirmou que continuava comprometido com a compra, mas que sua equipe testaria “uma amostra aleatória de 100 seguidores” no Twitter, a fim de identificar bots. “Convido outras pessoas a repetir o mesmo processo e ver o que descobrem”, afirmou Musk.

Publicidade

“Qualquer processo sensato de amostragem aleatória é bom. Se muitas pessoas obtiverem resultados semelhantes de forma independente para % de contas falsas/spam/duplicadas, isso será revelador. Eu escolhi 100 como o número do tamanho da amostra, porque é isso que o Twitter usa para calcular <5% falso/spam/duplicado”, explicou Musk ao ser questionado como seria feito o processo de amostragem.

Durante a madrugada deste domingo (15), Musk afirmou que ainda não viu “qualquer” análise que mostre que a empresa de mídia social tem contas falsas menos de 5%. Posteriormente, declarou que “há alguma chance de ser mais de 90% dos usuários ativos diários”.

 

Publicidade