Embaixador do Brasil diz ainda ser possível de parar a guerra

Para Ronaldo Costa Filho as consequências da guerra podem ser para todos

embaixador-do-brasil-diz-ainda-ser-possivel-de-parar-a-guerra
Embaixador do Brasil na ONU, Ronaldo Costa Filho (Crédito: Reprodução / Twitter @ONUNews)

O embaixador do Brasil na ONU, Ronaldo Costa Filho disse ainda há tempo de parar com a guerra. O embaixador falou em uma reunião emergencial da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece nessa segunda-feira (24). Ainda o embaixador disse que é um momento decisivo para ONU e para o mundo.

Publicidade

Durante sua fala, o embaixador do Brasil na ONU demonstrou preocupação caso os ataques da Rússia na Ucrânia não parem, pois as consequências podem ser para todos. Segundo, Ronaldo não só os que sofrem com a guerra, mas os que pedem para que ela pare. Além disso, ele agradeceu pelo apoio à saída dos brasileiros e outros latinos americanos que deixaram a Ucrânia.

No domingo (27), o embaixador disse ao Conselho de Segurança que a situação é urgente e que é preciso que eles busquem soluções para crise na Ucrânia. “Reiteramos nosso pedido pelo fim imediato das hostilidades e retomada do diálogo.”

Conflito Rússia e Ucrânia

Na quinta-feira (24), o governo russo invadiu à Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Alguns dos motivos pelo qual esta invasão aconteceu é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade