114 km/h

Furacão Fiona causa estragos no Canadá

De acordo com o site Al Jazeera, o fenômeno derrubou o fornecimento de energia para mais de 500 mil pessoas no leste do país.

Furacão Fiona causa estragos no Canadá
Não há relatos de vítimas fatais no Canadá (Crédito: Jose Jimenez/Getty Images)

Na madrugada deste sábado (24), um furacão que recebeu o nome de Fiona atingiu a costa da Nova Escócia, localizada no leste do Canadá. O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) afirmou que os ventos chegaram a até 114 quilômetros por hora, após passar pelas ilhas de Bermudas.

Publicidade

“Espera-se que Fiona afete hoje partes do Canadá Atlântico como um poderoso ciclone com força de furacão, com impactos significativos de ventos fortes, marejadas ciclônicas e chuvas fortes”, alertou o NHC.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, afirmou que a tempestade pode “ter um impacto significativo em toda região”.

Já o Centro Nacional de Furacões do Canadá disse que, além da Nova Escócia, os fortes ventos do furacão Fiona também foram relatados na Ilha do Príncipe Eduardo, nas Ilhas da Madalena e no sudoeste de Terra Nova. Ao menos 125 milímetros de chuva foram registrados no momento da passagem do furacão.

Antes de chegar até o Canadá, o furacão Fiona causou estragos em outros países. Nas ilhas de Bermudas, por exemplo, deixou 15.000 das 36.000 casas sem energia, mas não vitimou ninguém fatalmente. Em Porto Rico, o furacão matou quatro pessoas no início desta semana. O presidente da Republica Dominicana, Luis Abinader, também decretou estado de desastre natural em três províncias do leste do território de seu país.

Publicidade

Publicidade