febre hemorrágica

Gana confirma primeiros casos do vírus Marburg

A doença é causada por um patógeno altamente infeccioso da mesma família da Ebola.

gana-confirma-primeiros-casos-do-virus-marburg
(Crédito: Freepik)

O país da África Oriental, Gana, registrou no domingo (17) o primeiro surto da doença causada pelo vírus Marburg. A informação foi confirmada por um laboratório do Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Publicidade

A doença, que se caracteriza principalmente por uma febre hemorrágica, é causada por um patógeno altamente infeccioso da mesma família da doença Ebola.

De acordo com a OMS, duas pessoas que testaram positivo em 10 de julho morreram, e para que os casos fossem confirmados, o Instituto Pasteur em Dakar, no Senegal, recebeu suas amostras.

Um deles foi um homem de 26 anos que deu entrada em um hospital no dia 26 de junho e morreu no dia seguinte. O segundo caso, não tinha nenhuma ligação com o outro e foi um homem de 51 anos. Ele recebeu atendimento no dia 28 e faleceu no mesmo dia.

Diarreia, febre, náuseas e vômitos, estão entre os sintomas que apresentaram. A suspeita havia sido apontada primeiramente pelo Noguchi Memorial Institute for Medical Research. Mais de 90 contatos, como profissionais de saúde e membros da comunidade, foram identificados e seguem monitorados.

Publicidade

Transmissão e mortalidade

O vírus é transmitido às pessoas por morcegos que se alimentam de frutos. A doença se espalha entre humanos através do contato direto com os fluidos corporais, superfícies e materiais contaminados.

As taxas de mortalidade variaram de 24% a 88% em surtos anteriores. Embora não existam vacinas ou tratamentos antivirais aprovados para tratar o vírus, os cuidados de suporte – como reidratação com fluidos orais ou intravenosos – e o tratamento de sintomas específicos reduzem os riscos de morte.

Publicidade