Grammy 2022 é adiado por conta do avanço da variante ômicron

O evento, que iria ocorrer em 31 de janeiro, ainda não foi remarcado

grammy-2022-e-adiado-por-conta-do-avanco-da-variante-omicron
Cantora Adele, vencedora do GRAMMYs de Gravação do Ano por “Rolling In The Deep”, Álbum do Ano por “21”, Canção do Ano por “Rolling In The Deep”, Melhor Performance Pop Solo por “Someone Like You “, Melhor Álbum Pop Vocal por” 21 “e Melhor Videoclipe por” Rolling In The Deep “, posa na sala de imprensa no 54º Prêmio GRAMMY Anual no Staples Center em 12 de fevereiro de 2012 em Los Angeles, Califórnia. (Crédito: Kevork Djansezian/Getty Images)

A Academia de Gravação anunciou nesta quarta-feira (5) que o Grammy 2022 será adiado por conta do crescimento de casos de Covid-19 nos EUA pela variante ômicron.

Publicidade

O evento, que iria ocorrer em 31 de janeiro, ainda não foi remarcado. A organização promete divulgar “em breve” novas informações.

Em nota, a Academia e a emissora CBS, responsável pela transmissão nos EUA, disseram que “a saúde e a segurança daqueles na nossa comunidade da música, o público presente, e as centenas de pessoas que trabalham incansavelmente para produzir nosso show continuam a ser nossa maior prioridade”.

“Dada a incerteza em relação à variante ômicron, realizar a apresentação em 31 de janeiro simplesmente continha muitos riscos.”

Destaques do Grammy 2022

Em novembro, os indicados ao Grammy 2022 foram anunciados. Entre eles, os destaques foram:

Publicidade
  • Olivia Rodrigo concorre às quatro principais categorias deste ano: álbum, canção, gravação e artista revelação.
  • O pianista Jon Batiste, que fez a trilha do filme “Soul”, foi o principal indicado, em 11 categorias.
  • Em seguida vieram Justin Bieber, Doja Cat e H.E.R., com oito indicações cada um.