Investigações sobre filho do presidente dos EUA avançam

Nas últimas semanas novos depoimentos de testemunhas foram recolhidos

Investigações sobre filho do presidente dos EUA avançam
Joe Biden ao lado de seu filho Hunter Biden (Créditos: Getty Images)

O filho do presidente dos EUA Joe Biden, Hunter Biden, é alvo de investigações federais sobre supostas irregularidades em suas movimentações financeiras, nos pagamentos de seus impostos e supostos lobbys estrangeiros.

Publicidade

Essa investigação, que envolve Hunter Biden, está em curso desde 2018. É anterior à eleição de seu pai, Joe Biden, que aconteceu em novembro de 2020, porém, nas últimas semanas, ganhou força por conta de diversos depoimentos de testemunhas incluindo sócios, lobistas e até pessoas de sua família, segundo apurou o site AP News.

O próprio filho do presidente confirmou a investigação em 2020 e disse que “uma revisão profissional e objetiva” mostraria que ele sempre agiu “de forma legal e adequada, inclusive contemplando consultores fiscais profissionais”. O próprio jornal The New York Times publicou que Hunter tinha pago alguns de seus impostos, mas as supostas irregularidades não terminavam por ali.

Publicidade

Liderada pelo promotor de Delaware, David Weiss, remanescente da época Trump, essa investigação deve se estender até que se encontrem as supostas provas.

No curso das apurações federais existem movimentações financeiras internacionais incluindo negócios em diversos países do mundo como China, Cazaquistão e Ucrânia, onde Hunter é acusado de manter laboratórios químicos, como já dito pelo Chefe das Tropas de Defesa Radioativa, Química e Biológica da Rússia, Igor Kirílov, em uma entrevista coletiva.

 

Publicidade