Lina Wertmüller, primeira mulher indicada ao Oscar de Melhor Direção, morre aos 93 anos

Segundo a revista Variety, uma amiga da escritora e diretora informou que Lina ‘morreu pacificamente em sua casa, próxima a seus entes queridos”. A causa da morte não foi informada

Lina Wertmüller, primeira mulher indicada ao Oscar de Melhor Direção, morre aos 93 anos
Lina Wertmüller diretora de ‘Pasqualino Sete Belezas’ e ‘Mimi, o metalúgico’ (Crédito: Alberto E. Rodriguez/Getty Images)

Lina Wertmüller, primeira mulher indicada ao Oscar de Melhor Direção, morreu aos 93 anos, nesta quinta-feira (9), na Itália.

Publicidade

De acordo com a revista Variety, uma amiga da escritora e diretora informou que Lina “morreu pacificamente em sua casa, próxima a sua filha e seus entes queridos“. A causa da morte não foi informada.

Nascida em Roma, Lina teve como mentor o lendário diretor Frederico Fellini, a quem foi apresentada através de amigos em comum. A diretora foi assistente de Fellini em “8½ – Oito e Meio” (1963). Em 1972, fez sua estreia em Cannes com “Mimi, o Metalúrgico“.

A italiana foi a primeira produtora a ser indicada ao Oscar de melhor direção com o longa “Pasqualino Sete Belezas” (1975), com o qual também foi candidata a melhor roteiro original. Sua carreira inclui ainda títulos como “I basilischi” (1963) e “Por um Destino Insólito” (1974).

Em 2019, Lina recebeu o Oscar honorário como homenagem a sua carreira, junto ao cineasta David Lynch e ao ator Wes Studi, segundo G1.

Publicidade

Os três receberam a homenagem, que, de acordo com a definição da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, reconhece as “extraordinárias contribuições” ao cinema ou o “excelente serviço prestado a essa instituição por um profissional durante toda a sua vida.

No mesmo ano, Lina também foi homenageada com uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood.

O ator e diretor, Alex Winter, prestou uma homenagem a Lina Wertmüller nas suas redes sociais

Publicidade

O impacto de Lina Wertmüller sobre os alunos de cinema da minha geração é incalculável. Seven Beauties foi um dos primeiros filmes que comprei em VHS e assisti indefinidamente, anotando cada cena e minha escolha de direção. RIP

Publicidade