Microsoft é invadida por hackers e parte do código-fonte de produtos da empresa é roubada

Gigante da tecnologia afirmou que os dados acessados não devem causar danos para nenhum usuário ou para suas operações

Microsoft é invadida por hackers e parte do código-fonte de produtos da empresa é roubada
O mesmo grupo de criminosos teria acessado dados da Samsung, recentemente (Créditos: Jeenah Moon/Getty Images)

A gigante Microsoft informou que teve suas contas comprometidas por um ataque de hackers. A confirmação foi divulgada na última terça-feira (22). Os criminosos tiveram acesso a parte de código fonte de produtos da empresa.

Publicidade

Uma das maiores empresas de tecnologia, a Microsoft afirmou que os dados acessados não devem causar danos para nenhum usuário ou para suas operações. “Nenhum código ou dado de consumidor estava envolvido nas atividades. Nossa investigação encontrou uma única conta comprometida, permitindo acesso limitado”, explica a Microsoft em postagem no seu blog de segurança.

A empresa ainda explica que suspendeu o acesso dos criminosos para minimizar os impactos. O time de ameaças da Microsoft já estava acompanhando as atividades dos invasores, que chamou de DEV-0537. O mesmo grupo de criminosos teria acessado dados da Samsung, recentemente.

Para a marca, o objetivo dos criminosos é conseguir acessos aos dados de organizações por meio do roubo de senhas e, assim utilizar informações privilegiadas para chantagear empresas. “As táticas e objetivos indicam que este é um ator cibercriminoso motivado por roubo e destruição”, afirma a companhia.

Os produtos acessados foram o buscador Bing e a assistente de inteligência artificial Cortana, informou o site The Verge. A empresa não acredita que a ação criminosa deve gerar problemas, já que “não confia no sigilo do código-fonte” como um fator de segurança.

Publicidade