Ministro da Rússia diz que vários países não vão “dançar ao som dos Estados Unidos”

O ministro de Relações Exteriores da Rússia apontou que “a Europa praticamente parou de tentar defender sua independência diante dos Estados Unidos”

Ministro da Rússia diz que vários países não vão dançar ao som dos Estados Unidos
Sergei Lavrov (Crédito: Drew Angerer/ Getty Images)

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse em uma entrevista que “vários países, incluindo China, Índia, Brasil, México, não dançarão ao som dos Estados Unidos”. Essa fala, segundo a agência de notícias russas Tass, foi dada para um veículo de comunicação ligado ao governo russo.

Publicidade

Segundo o portal UOL, Lavrov reclamou durante a entrevista sobre as sanções dos Estados Unidos e da Europa contra a Rússia. Elas foram aplicadas devido ao confito do país com a Ucrânia.

A agência de notícias russa relatou que o ministro de Relações Exteriores da Rússia apontou que “a Europa praticamente parou de tentar defender sua independência diante dos Estados Unidos”. E finalizou dizendo que a Rússia está acostumada com essas sanções.

Conflito Rússia x Ucrânia

O conflito entre os países se iniciou no dia 24 de fevereiro desse ano, quando a Rússia bombardeou várias cidades ucranianas ao longo da madrugada. O ataque aconteceu após quatro meses de intrigas com o Ocidente.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que a Rússia iniciasse os ataques.

Publicidade

“Alexandra Trofimovna, 86, era uma garotinha em Kharkiv quando os alemães bombardearam sua casa durante a Segunda Guerra Mundial, matando sua mãe e irmã. Ela também perdeu dois dedos da mão direita. Esta manhã, sua casa foi bombardeada mais uma vez, desta vez pelo exército russo.”

Publicidade