Mulher denuncia estupro na 1ª classe de um voo dos EUA para a Inglaterra

A operadora aérea responsável pelo voo, United Airlines, em um comunicado afirmou que notificou as autoridades do Reino Unido antes do avião pousar e que colabora com as investigações

Mulher denuncia estupro na 1ª classe de um voo dos EUA para a Inglaterra
As reportagens identificam o suspeito como um homem, de 40 anos, de nacionalidade britânica (Créditos: Justin Sullivan/Getty Images)

Após uma mulher denunciar estupro na primeira classe de um voo que partia dos Estados Unidos para a Inglaterra, um homem foi detido, disseram nesta quarta-feira (9), inúmeros meios britânicos.

Publicidade

A operadora aérea responsável pelo voo, United Airlines, em um comunicado afirmou que notificou as autoridades do Reino Unido antes do avião pousar e que colabora com as investigações. “Nossa tripulação avisou as autoridades locais assim que souberam das alegações. Vamos colaborar com as autoridades em qualquer investigação”, disse a companhia.

De acordo com informações do G1, uma reportagem do jornal “Evening Standard” diz que uma mulher denunciou o estupro durante o voo noturno, e que os outros passageiros dormiam no momento.

De acordo com a publicação, agentes da Scotland Yard chegaram a entrar no avião para retirar o suspeito depois do pouso no aeroporto de Heathrow, o caso aconteceu no dia 31 de janeiro.

O “The Sun” tabloide britânico, foi o primeiro a noticiar o ocorrido, reportou que os agentes chegaram a coletar amostras de DNA dentro da aeronave e que prestaram assistência psicológica à vítima. As reportagens identificam o suspeito como um homem, de 40 anos, de nacionalidade britânica. Fontes da polícia afirmaram que os dois não se conheciam.

Publicidade

“Em algumas notícias horríveis, a United Airlines disse que cooperará com as autoridades do Reino Unido após a prisão de um passageiro por suspeita de estupro durante o voo UA14. Leia mais em AviationSource!”

Publicidade