OMS se prepara para possíveis ataques químicos na Ucrânia

Autoridades ocidentais, sem provas, falaram que a Rússia pode usar armas químicas na Ucrânia

Militares (Crédito: John Moore/Getty Images)

A Organização Mundial da Saúde (OMS), se prepara para possíveis ataques químicos na Ucrânia, segundo o chefe da organização que afirma que a equipe faz planos de contingências. O diretor regional da OMS para Europa, Hans Kluge disse que mesmo com as incertezas, não há garantia se a guerra vai piorar.

Publicidade

De acordo com a CNN, Kluge disse que “a OMS está considerando todos os cenários e fazendo contingências para diferentes situações que podem afligir o povo da Ucrânia, desde o tratamento contínuo de vítimas em massa até ataques químicos”

Alguns rumores sobre ataques químicos começaram a aparecer. Autoridades ocidentais, sem conter provas, falam que a Rússia pode usar armas químicas e biológicas na Ucrânia. Já o país russo afirma, também sem provas que Kiev planeja um ataque químico contra seu próprio povo para acusar Moscou.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade

*Este texto contém informações retiradas da CNN Brasil.