Novas sanções

Países europeus vão deixar de comprar petróleo da Rússia em até seis meses

A informação foi divulgada nesta quarta-feira (4) por Ursula von der Leyen, chefe da Comissão Europeia.

paises-europeus-vao-deixar-de-comprar-petroleo-da-russia-em-ate-6-meses
Ursula von der Leyen (Créditos: Pool/Getty Images)

Os países da União Europeia (UE) deixarão de comprar o petróleo e demais produtos refinados da Rússia em até seis meses. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (4) por Ursula von der Leyen, chefe da Comissão Europeia.

Publicidade

“Garantiremos a eliminação gradual do petróleo russo de forma ordenada, maximizando a pressão sobre a Rússia. Vamos eliminar gradualmente o fornecimento russo de petróleo bruto dentro de seis meses e produtos refinados até o final do ano”, afirmou a chefe da comissão.

A reunião propôs uma sexta rodada de sanções contra a Rússia devido a invasão na Ucrânia. “Não será fácil. Alguns estados membros são fortemente dependentes do petróleo russo. Mas temos que trabalhar nisso”, disse Ursula von der Leyen. Segundo o portal G1, a proposta ainda precisa da aprovação de todos os 27 países membros da União Europeia.

Também fazem parte das sanções impostas a exclusão de mais bancos russos do sistema Swift e o banimento de três canais estatais russos de comunicação, que não poderão exibir conteúdo na Europa via satélite, cabo, internet ou aplicativos. A chefe da comissão denominou os canais de “porta-vozes das mentiras e propagandas de Putin”.

Além disso, Ursula von der Leyen propôs novas sanções contra militares russos e demais indivíduos envolvidos nos acontecimentos em Bucha, Ucrânia, onde dezenas de corpos foram encontrados pelas ruas, com suspeitas de crimes de guerra russos. “Nós sabemos quem vocês são. E vocês serão responsabilizados”, afirmou von der Leyen.

Publicidade

Publicidade