Presidente francês diz que a guerra na Ucrânia ainda não parará

O coordenador de assistência humanitária na ONU, afirmou que quanto mais cedo a guerra parar é melhor para o mundo todo

presidente-frances-diz-que-guerra-na-ucrania-ainda-nao-terminara
Presidente da França, Emmanuel Macron (Crédito: Kay Nietfeld – Pool/Getty Images)

O presidente da França, Emmanuel Macron disse que não há muitas esperanças de que a Rússia pare com a guerra na Ucrânia nos próximos dias. De acordo com a CNN, o presidente disse que “infelizmente, esta guerra não vai parar nos próximos dias”, afirmou Macron à estação francesa RTL, nesta sexta-feira (8).

Publicidade

Autoridades ucranianas dizem que combates estão andando no leste do país. Em relação aos últimos acontecimentos na Ucrânia, o presidente francês publicou nas redes que o país apoiará as investigações. “As vítimas em Kramatorsk, Bucha, Mariupol e Kharkiv estão em nossos pensamentos. Em toda a Ucrânia, apoiaremos as investigações para garantir que a justiça seja feita. Nossos pensamentos vão para as famílias que continuam a fugir. Vamos recebê-los em nossa União, nossa União de paz.”

O coordenador de assistência humanitária na ONU, Martin Griffthis afirmou que “quanto mais cedo alcançarmos um cessar-fogo humanitário, melhor será não somente para as pessoas da Ucrânia, mas de todo o mundo”. O presidente francês comentou da assistência humanitária e disse estar sendo complicada.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

Publicidade

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.