FALTA DE VERBA

PRF limita serviços de manutenção em viaturas

Órgão enviou ofício às superintendências regionais informando a limitação da manutenção a serviços essenciais e de itens de segurança.

prf-limita-servicos-de-manutencao-em-viaturas
Manutenção em viaturas se limitará a serviços essenciais (Crédito: Agência Brasil)

A Direção-Geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) enviou um ofício às superintendências regionais informando que vai limitar os serviços de manutenção em viaturas devido à falta de recursos.

Publicidade

O GloboNews teve acesso ao documento enviado no último dia 11. Nele, a Divisão de Frota afirma que será necessário aprovação da Direção-Geral da PRF para a realização de qualquer serviço não essencial em veículos do órgão. De acordo com ele, ainda, o motivo são as limitações de verba disponibilizado originalmente no orçamento de 2022.

Serviços não essenciais

Os tipos de manutenção em viaturas descartados pela PRF são:

  • Manutenção mecânica corretiva;
  • Manutenção elétrica;
  • Lavagem, aspiração, lubrificação, polimento e cristalização;
  • Lanternagem e funilaria;
  • Pintura;
  • Estofagem;
  • Chaveiro automotivo, incluindo fornecimento de chaves e cartões de ignição automotiva;
  • Manutenção de ar condicionado automotivo;
  • Fornecimento de peça, componente e/ou acessório automotivo;
  • Fornecimento de extintores de incêndio e cargas;
  • Reparo e substituição de acessórios veiculares policiais luminosos e sonoros;
  • Plotagem, adesivagem e envelopamento;
  • Blindagem automotiva (serviços, materiais e peças).

A PRF afirma, porém, que serviços de manutenção relacionados a itens de segurança e outras modalidades preventivas estão liberados. No ofício, o órgão afirmou ainda que está negociando a viabilização da complementação orçamentária com o Ministério da Justiça e o da Economia, mas que “as tratativas não se resolvem com a mesma agilidade com que executamos nossos contratos, sendo necessário a tomada de ações mais enérgicas com vistas a impedir que a PRF execute valores acima de seu orçamento”.

Publicidade