baixas temperaturas

Inmet emite alerta de risco à saúde por conta de frio intenso

Alerta teve início às 10h55 de hoje e segue até as 23h de sexta-feira.

inmet-preve-frio-em-todo-o-pais-a-partir-de-domingo
(Crédito: Agência Brasil)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de riscos à saúde devido à queda brusca de temperatura em algumas regiões do país. Ao todo, 11 estados e o Distrito Federal estão na zona de perigo. O aviso teve início às 10h55 de hoje (18) e segue até as 23h de sexta-feira (20).

Publicidade

De acordo com o alerta, as temperatura devem permanecer 5ºC abaixo da média pelo período de 3 a 5 dias.

O Inmet recomenda que, em caso de necessidade, as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, pelo telefone 199.

Por conta do frio, morador de rua morre em SP

Uma pessoa morreu na manhã desta quarta (18) no núcleo de convivência São Martinho, abrigo conveniado com a Prefeitura de São Paulo e administrado pelo Centro Social da Nossa Senhora do Bom Parto na Zona Leste da capital.

Segundo informações passadas à TV Globo no local, Isaias de Faria, de 66 anos, morreu após sofrer uma convulsão enquanto aguardava para tomar o café da manhã. Ele tinha dormido na rua, próximo ao centro de convivência. O local não abriga a população sem-teto, mas oferece diariamente alimentação.

Publicidade

Previsão

A massa de ar polar, vinda do sul do Brasil, chegou hoje ao Distrito Federal que registrou mínima de  8,7°C, durante a madrugada. As temperaturas devem cair ainda mais nos próximos dias, podendo chegar a 4ºC amanhã, segundo previsão do Inmet.

Defesa Civil

Em comunicado, a Defesa Civil do Distrito Federal cita o alerta de perigo à saúde e dá orientações à população com relação ao frio:

– Tenha especial atenção com crianças, idosos e pessoas doentes;

Publicidade

– Mantenha-se agasalhado. Proteja também as extremidades do corpo, use toucas e luvas;

– Beba bastante líquidos;

– Evite manter os ambientes muito fechados. Mantenha sua casa e local de trabalho limpos e arejados. Previna-se contra doenças respiratórias.

Publicidade

– Procure agasalhar seu animal de estimação. Considere o uso de roupas de proteção. Abrigue o em relação ao vento. Forre adequadamente o local de dormir;

– Seja solidário. Doe agasalhos e cobertores para quem precisa. Carregue, se possível, esse material no carro;

– Se precisar permanecer ao ar livre, proteja-se do vento.

Publicidade