Bolsonaro assina acordos e chama Petrobras de “gigante”

O chefe do Executivo fez um apelo para que sejam feitos reajustes nos preços dos combustíveis.

bolsonaro-assina-acordos-e-chama-petrobras-de-gigante
Jair Bolsonaro (Crédito: Andressa Anholete/Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou a Petrobras de uma “gigante” do setor de óleo e gás ao comentar sobre as perspectivas de cooperação com a Guiana. “Na questão de óleo e gás, temos uma gigante brasileira chamada Petrobras, que cada vez mais se torna uma realidade para cooperar com a Guiana. Trouxemos para tal o nosso ministro das Minas e Energia [Bento Albuquerque], que debateu o assunto com muita profundidade”.

Publicidade

O chefe do Executivo disse que os lucros da estatal são um “estupro” e fez um apelo para que sejam feitos reajustes nos preços dos combustíveis. No dia 20 de janeiro em uma visita ao Suriname, Bolsonaro disse que a Petrobras poderia ajudar na exploração de petróleo e gás no Suriname e que o país analisa dar prioridade ao Brasil. Neste encontro, também foram tratadas questões na área de agricultura, comércio, defesa e segurança.

Em nota conjunta o Brasil e a Guiana afirmaram que desejam até o 3º trimestre de 2022 concluir o acordo sobre o transporte rodoviário de passageiros e cargas entre os dois países. Além disso, foram concluídas negociações sobre a transferência de pessoas condenadas e a cooperação entre as polícias dos dois países. A criação de um grupo para debater os benefícios de um corredor rodoviário entre Boa Vista (RR) e Georgetown também fez parte do acordo.