Bolsonaro diz que troca na presidência da Petrobras foi por ‘alguém mais profissional’

O presidente também afirmou que “não apita” nas questões da estatal, mas que acaba saindo como culpado pelas políticas da empresa

bolsonaro-diz-que-troca-na-presidencia-da-petrobras-foi-por-alguem-mais-profissional
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (Crédito: Andressa Anholete/Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta segunda-feira (11) que mudou o comando da Petrobras por “alguém mais profissional” para poder dar “transparência” à estatal. O presidente também reclamou sobre a comunicação da empresa junto à população dizendo que a Petrobras “não fala” e “não usa o seu marketing”.

Publicidade

”Eu indico para o conselho a sua admissão e demissão. Um dos motivos principais é alguém mais profissional lá dentro para poder dar transparência. A Petrobras não usa o seu marketing, ela não fala. O que eu falei para vocês aqui era pra a Petrobras estar falando”, disse Bolsonaro em entrevista ao “Irmãos Dias Podcast”.

O presidente também afirmou que “não apita” nas questões da estatal, mas que acaba saindo como culpado pelas políticas da empresa. Bolsonaro ainda disse que a Petrobras é um “ponto de desgaste enorme” para seu governo.

”Agora, fica no meu colo. Tudo cai no meu colo a questão da Petrobras. Eu não apito em nada e cai no meu colo. E, obviamente, é um ponto de desgaste enorme”, disse o presidente.

A demissão do general Joaquim Silva e Luna da presidência da Petrobras foi anunciada no fim de março. Inicialmente, o governo indicou o economista Adriano Pires para o cargo. Na semana passada, contudo, Pires desistiu e o governo indicou José Mauro Coelho, ex-secretário do Ministério de Minas e Energia. As trocas devem ser confirmadas em uma assembleia geral de acionistas da Petrobras, marcada para quarta-feira (13).

Publicidade

Publicidade