Pandemia no Brasil

Covid-19: Rio aplica 2ª dose de reforço em pessoas com 18 anos ou mais

A secretaria acrescentou que estendeu a faixa etária da segunda dose de reforço após receber, na manhã desta quinta-feira (28), ofício da Secretaria de Estado de Saúde recomendando a aplicação.

Covid-19: Rio aplica 2ª dose de reforço em pessoas com 18 anos ou mais
Quem está com sintomas gripais não deve receber o imunizante (Crédito: Canva Fotos)

A Prefeitura do Rio começou a aplicar a segunda dose de reforço da vacina contra a covid-19 em pessoas com 18 anos ou mais. De acordo com a prefeitura, o intervalo entre as doses de reforço deve ser de, pelo menos, 4 meses.

Publicidade

A ampliação da faixa de idade para a segunda dose ocorre no momento em que 70 mil doses da vacina AstraZeneca estão com datas de vencimento para a próxima terça-feira (2), no Rio. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS), essas doses podem ser utilizadas até o fim do prazo. “Levando-se em conta o volume de pessoas vacinadas por dia na cidade, a expectativa é de que, pelo menos, a maior parte desse estoque seja consumido dentro do limite do prazo, evitando ou reduzindo as perdas”, disse.

A secretaria acrescentou que estendeu a faixa etária da segunda dose de reforço após receber, na manhã desta quinta-feira (28), ofício da Secretaria de Estado de Saúde recomendando a aplicação.

A SMS informou ainda que “para ser vacinado, basta apresentar documento de identidade com CPF e comprovante de vacinação das doses anteriores”. Os locais e horários dos postos de vacinação podem ser consultados em coronavirus.rio/vacina.

De acordo com a secretaria, quem está com sintomas gripais não deve receber o imunizante. Nesse caso, a orientação é procurar uma clínica da família ou centro municipal de saúde para realizar um teste de covid-19.

Publicidade

Segundo dados atualizados hoje às 11h, na cidade do Rio de Janeiro, das 3.853.737 pessoas que receberam as aplicações de reforço, 1.451.501 pessoas foram imunizadas com a segunda dose.

Aproximadamente 3,3 milhões de pessoas estão com doses da vacina contra covid-19 em atraso no município do Rio. “Desse total, cerca de 544 mil pessoas não completaram o esquema de vacinação primário, ou seja, ainda não receberam a segunda dose. Quanto à dose de reforço, aproximadamente 1,75 milhão de pessoas não receberam a primeira dose e 1 milhão, a segunda”, completou.

* Matéria alterada às 12h58 para atualizar número de doses da AstraZeneca disponíveis até o dia 2 de agosto e posicionamento da Secretaria Municipal de Saúde sobre a aplicação do imunizante.

Publicidade

(Agência Brasil)