Ataques à democracia

Defesa de Silveira pede audiência presencial com Alexandre de Moraes

Segundo a advogada do bolsonarista, o pedido foi apresentado diante da urgência do caso.

defesa-de-silveira-pede-audiencia-presencial-com-alexandre-de-moraes
Daniel Silveira (Crédito: Elaine Menke/Câmara dos Deputados)

A defesa do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) solicitou ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes uma audiência presencial. Em outra ocasião, esse pedido já havia sido feito e negado.

Publicidade

“A defesa apresenta novamente solicitação de audiência presencial, pedindo que seja deferida considerando a indispensabilidade da advocacia para à administração da Justiça e em prestígio à Ampla Defesa e ao Contraditório”, disse a equipe de Silveira.

Segundo a advogada, o pedido é apresentado diante da urgência do caso, “de forma que seja possível que as razões veiculadas no recurso possam ser objeto de diálogo respeitoso e técnico”.

Silveira é réu no STF por estimular atos antidemocráticos e ameaçar instituições, entre as quais a própria Suprema Corte. Ele chegou a ser preso em fevereiro do ano passado por divulgar um vídeo com ameaças a ministros do Supremo.

Em 9 de maio, a defesa pediu que o Supremo suspendesse a exigência de tornozeleira eletrônica e a multa de R$ 405 mil aplicada ao parlamentar. O agravo pede ainda ao ministro Alexandre de Moraes que reconsidere sua decisão que determinou ainda o bloqueio de contas e do salário de Silveira para pagamento da sanção.

Publicidade