Espírito Santo decreta situação de emergência após fortes chuvas

Segundo o último boletim divulgado na manhã desta quarta-feira (12), pela Defesa Civil, 789 pessoas continuam desalojadas e 159 estão desabrigadas no estado

Espírito Santo tem fortes chuvas
(Créditos: Buda Mendes/Getty Images)

As cidades de Castelo, Ibatiba e Guaçuí, no Sul do estado do Espírito Santo, decretaram situação de emergência após as fortes chuvas que atingiram o local. Os municípios, terão acesso a recursos e mais facilidade para colocar medidas que vão garantir a reparação dos danos e atendimentos aos afetados pelas chuvas.

Publicidade

Em Ibatiba, essa medida permitirá que os órgãos responsáveis entrem nas residências para prestar socorro e consigam providenciar a evacuação das pessoas dos locais de risco. A elaboração e contratação de licitação para empresas que vão atuar nas regiões atingidas foi dispensada.

Algumas estradas rurais foram atingidas e danificadas, a circulação de pessoas foi comprometida no local. Da mesma forma em Guaçuí e também, em Castelo, onde centenas de famílias precisaram ser evacuadas de suas casas após o grande aumento do nível dos rios.

Segundo o último boletim divulgado na manhã desta quarta-feira (12), pela Defesa Civil, 789 pessoas continuam desalojadas e 159 estão desabrigadas no estado. O maior acúmulo de chuvas nas últimas 24 horas foi no município de Apiacá, com 16,60 mm.

Estradas

BR-482: deslizamento de encosta aproximadamente ao km 97 (saída de Celina para Alegre) no sentido Alegre x Guaçuí interditado.

Publicidade

ES-484: a rodovia estadual está totalmente interditada entre Itaicí e o distrito de Araraí, em Alegre. A interdição, de acordo com o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), é necessária devido à erosão à margem do rio devido a cheia em razão das chuvas. Não há previsão de liberação da pista de acordo com o DER-ES. A rota alternativa de passagem é a via pavimentada de Itaicí seguindo até Muniz Freire, acessar a ES-181 e passando por Anutiba.

ES-297: a rodovia que liga a BR-101 a Apiacá está interditada para caminhões e ônibus no trecho da ponte do Rio Itabapoana, em Mimoso do Sul devido a cheia do rio. Veículos leves conseguem passar pela região.