Exposição de Ayrson Heráclito na Pinacoteca de SP vai até agosto

São 63 obras com temática centrada nas mitologias africanas que chegaram ao Brasil a partir da escravidão de diversos povos africanos, sobretudo desde o século 19

Exposição de Ayrson Heráclito na Pinacoteca de SP vai até agosto
Fachada da Pinacoteca de São Paulo, na praça da Luz.

A exposição Ayrson Heráclito: Yorùbáiano, do artista Ayrson Heráclito, originalmente concebida para o MAR – Museu de Arte do Rio de Janeiro, em 2021 – ficará em cartaz na Pinacoteca Estação, na capital paulista, até 22 de agosto. A mostra teve início ontem (2).

Publicidade

São 63 obras com temática centrada nas mitologias africanas que chegaram ao Brasil a partir da escravidão de diversos povos africanos, sobretudo desde o século 19. A mostra, com curadoria de Amanda Bonan, Ana Maria Maia e Marcelo Campos, é composta de instalações, fotografias, vídeos, performances e registros que abordam as feridas deixadas pela história colonial.

Por meio dos trabalhos, o público poderá conhecer ainda as lendas ìtàns e orikis, narrativas tradicionais que seguem presentes nas ruas, procissões, romances e enredos de escolas de samba em um mundo onde a natureza dos seres e dos bichos se complementa.

A Pinacoteca Estação fica no largo General Osório, 66, na Luz, no centro de São Paulo. Funciona das 10h às 18 horas, de segunda a sábado. A entrada é gratuita.

(Agência Brasil)

Publicidade