posicionamento do mercado

Federação Brasileira de Bancos assina manifesto pró-democracia

A Febraban reúne os maiores bancos do país, como Itaú e Bradesco, além de instituições vinculadas ao governo federal, como a Caixa e Banco do Brasil.

federacao-brasileira-de-bancos-assina-manifesto-pro-democracia
O presidente da Febraban, Isaac Sidney (Créditos: Reprodução/Flickr)

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos ) informou nesta quarta-feira (27) que irá assinar o manifesto “Em Defesa da Democracia e da Justiça”, elaborado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Publicidade

Em nota, a Febraban afirma que a decisão de apoiar o manifesto foi tomada por maioria de membros de suas instâncias de governança interna. A federação reúne os maiores bancos do país, como Itaú e Bradesco, além de instituições vinculadas ao governo federal, como a Caixa e Banco do Brasil.

Publicidade

O que o texto pretende mostrar?

O manifesto tem sido articulado pelo presidente da Fiesp, Josué Gomes da Silva, e um grupo de grandes investidores, empresários e advogados, e deve ser divulgado ainda nesta semana.

O texto pretende mostrar que quaisquer ataques às instituições e ao Estado de Direito não têm respaldo das grandes empresas brasileiras e, apesar de não citar diretamente Jair Bolsonaro (PL), é uma crítica à retórica que o presidente tem adotado para questionar, sem provas ou respaldo na realidade, o sistema eleitoral brasileiro.

Outros manifestos pró-democracia

Outro texto em favor da democracia está sendo organizado pela Faculdade de Direito da USP. A cara já recebeu mais de 73.000 assinaturas. O documento não menciona Bolsonaro, mas é um dos documentos mais fortes contra o atual presidente.

Publicidade

 

 

 

Publicidade