prf de sergipe

Homem morre após ser trancado por policiais em viatura com fumaça

Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, teria esquizofrenia e estava com cartelas de remédios.

mpf-vai-acompanhar-investigacoes-de-caso-da-camara-de-gas-em-se
(Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

Um homem de 38 anos morreu depois que agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Sergipe fizeram uma “câmara de gás” dentro de uma viatura e o trancaram dentro. O caso aconteceu na BR-101, no município de Umbaúba, no Litoral do estado.  A vítima foi identificada como Genivaldo de Jesus Santos. Ele teria esquizofrenia e, segundo a família, tomava remédios controlados há 20 anos.

Publicidade

Imagens que foram feitas por pessoas que assistiram à ação chegaram às redes sociais. Elas mostram a vítima sendo algemada no chão e colocada pelos agentes no porta-malas da viatura – com muita fumaça.

 

Testemunhas contaram que os agentes jogaram uma bomba de gás de pimenta dentro do veículo para, assim, conter o homem, que estava em surto.

O Instituto Médico-Legal (IML) informou que análise preliminar aponta que Genivaldo morreu por asfixia. “Vítima teve como causa mortis insuficiência aguda secundária a asfixia”, diz em nota.

Publicidade

Publicidade