Manifestações no dia do Trabalhador

Manifestações pró-governo e pró-Lula marcam o dia do trabalhador

Jair Bolsonaro compareceu em ato em Brasília, cumprimentou apoiadores, mas não discursou no local. Luiz Inácio Lula da Silva postou em suas redes sociais que irá discursar nesse domingo na Praça Charles Miller, no centro de São Paulo.

manifestacoes-pro-governo-e-pro-lula-marcam-o-dia-do-trabalhador
(Crédito: Reprodução/ TV CNN Brasil)

Nesse dia do trabalhador, 1° de maio, manifestações pró-governo Bolsonaro e pró-Lula acontecem em várias partes do Brasil.

Publicidade

Segundo a CNN Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Distrito Federal, Goiânia, Salvador, Maceió e Belém registraram atos pró-Bolsonaro até o momento. Na capital paulista, os manifestantes vão se reunir na avenida Paulista.

Em Brasília, o ato ocorreu pela manhã e contou com a presença do presidente. Jair Bolsonaro compareceu, cumprimentou apoiadores, mas não discursou no local. Os manifestantes ficaram no gramado em frente ao Congresso Nacional. Além de utilizarem as roupas em verde e amarelo, alguns também seguravam cartazes pedindo intervenção militar e fazendo ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF), segundo o G1.

De acordo com a CNN Brasil, o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) apareceu e discursou em Niterói, no Rio de Janeiro. O político chamou a sua prisão de inconstitucional.

Centrais sindicais foram as responsáveis por organizar atos pró-Lula pelo país. Foram registradas manifestações em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Goiânia, Fortaleza e Maceió. Os atos que aconteceriam em Porto Alegre e Florianópolis foram cancelados devido ao mau tempo nas cidades.

Publicidade

Luiz Inácio Lula da Silva postou em suas redes sociais que irá discursar nesse domingo na Praça Charles Miller, no centro de São Paulo.