Eleições 2022

Manuela D’Ávila descarta ser candidata ao Senado

No Rio Grande do Sul, a ex-deputada era pressionada a ser candidata ao Senado na chapa do deputado estadual petista Edegar Pretto.

manuela-davila-descarta-concorrer-nas-eleicoes-de-2022
Manuela D’Ávila (Crédito: Reprodução / Instagram @manueladavila)

A ex-deputada federal pelo Rio Grande do Sul Manuela D’Ávila (PC do B), disse neste sábado (28) que não irá concorrer às eleições de 2022. Nas redes sociais, ela afirmou que há dois anos não tem mostrado  interesse de participar do pleito. “Não desisti de nenhuma disputa, portanto, pelo simples fato de que nunca afirmei que estaria nela”.

Publicidade

A expectativa era de que Manuela fosse candidata ao Senado. No Rio Grande do Sul, era pressionada a participar da chapa do deputado estadual petista Edegar Pretto, pré-candidato ao governo do estado. O último cargo público pela ex-deputada foi na Assembleia Legislativa do RS, entre 2015 e 2018.

Entre alguns motivos de não concorrer nas eleições de 2022, Manuela cita ameaças que ela e sua família sofrem há alguns anos. “Estive na linha de frente nas eleições majoritárias de 2018 e 2020. Sabemos como esses processos foram duros e violentos para mim e para minha família”.

A ex-deputada também lembrou de episódios como sua defesa à ex-presidente Dilma Rousseff durante o processo de impeachment e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante sua prisão e diz ter cumprido seu papel de cidadã.

Publicidade