Conselho Nacional de Secretários de Saúde

Média móvel de casos de Covid-19 aumenta em 163%

O Brasil registrou 96 mortes e 50.272 infecções por Covid-19 nas últimas 48 horas. 

Média móvel de casos de Covid aumenta em 163%
O país registrou  669.161 vítimas fatais da doença e 31.754.465 contaminações pelo coronavírus.  (Crédito: Canva Fotos)

Segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a média móvel de casos de Covid-19, nos últimos sete dias, chegou a 36.775, ou seja, houve um aumento de 163% no período de um mês. Dados divulgados nesta segunda-feira (20), mostram que o Brasil registrou 96 mortes e 50.272 infecções por Covid-19 nas últimas 48 horas. No fim de maio o indicador estava em 13.953. O Conass também informou que a média móvel de mortes ficou em 140. Com a nova atualização, o país registrou 669.161 vítimas fatais da doença e 31.754.465 contaminações pelo coronavírus. 

Publicidade

Esses números possibilitam o acompanhamento da situação epidemiológica do país, sem possíveis distorções causadas por subnotificações aos fins de semana ou problemas no acesso às bases de dados. Entre 12 e 18 de junho, o que corresponde a 24ª semana epidemiológica, foram notificadas 248.365 infecções.

Segunda dose extra para maiores de 40 anos

Foi ampliado, nesta segunda-feira (20), pelo Ministério da Saúde a recomendação da 4ª dose contra Covid-19 para pessoas maiores de 40 anos de idade ou mais, que iniciaram o cronograma vacinal com Pfizer, AstraZeneca ou CoronaVac. A instrução é que a imunização seja feita com as vacinas da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen, depois de quatro meses da aplicação da primeira dose de reforço.

 

 

Publicidade