Eleições 2022

Prazo para regularizar o título de eleitor se encerra nesta quarta-feira

O prazo deve ser cumprido para aqueles que precisam ou desejam emitir, revisar ou transferir o domicílio eleitoral do documento.

stf-elege-lista-triplice-para-ministro-do-tse
Prédio do Tribunal Superior Eleitoral (Créditos: Reprodução/TSE)

O prazo determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para regularizar o título de eleitor para votar neste ano se encerra nesta quarta-feira (4). O prazo deve ser cumprido para aqueles que precisam ou desejam emitir, revisar ou transferir o domicílio eleitoral do documento.

Publicidade

As demandas podem ser realizadas pelo site do Tribunal Superior Eleitoral ou no cartório eleitoral mais próximo, sendo ambos gratuitos. Em São Paulo, as unidades funcionarão em horário estendido, das 9h às 18h. Para comparecer a um cartório eleitoral não é necessário realizar agendamento.

Nesta terça-feira (2), a Justiça Eleitoral registrou um recorde, com o maior número de atendimentos virtuais para regularização do título de eleitor em um único dia, desde que a plataforma Título Net foi lançada. De acordo com a CNN, foram mais de 685 mil solicitações.

Caso o título não esteja regularizado, além de não poder votar nas eleições deste ano, o cidadão brasileiro que possui entre 18 e 70 anos fica restringido a emitir passaporte ou carteira de identidade, obter empréstimos, inscrever-se em concursos ou provas públicas, renovar matrícula em instituição de ensino oficial ou fiscalizada pelo governo e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.

Aqueles que possuem 16 e 17 anos, o voto é facultativo. Caso queiram participar das eleições de 2022, também é necessário emitir o título de eleitor até esta quarta-feira (4).

Publicidade

Publicidade