HOSPITALIDADE

Prefeitura de São Paulo oferece curso de português para imigrantes

Curso será dividido em 3 módulos com 90 horas cada e será ministrado duas vezes por semana.

Imigrantes podem se inscrever independentemente da situação migratória. (Créditos: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Imigrantes com mais de 18 anos que estiverem interessados em aprender a Língua Portuguesa gratuitamente podem se inscrever para o curso do projeto Portas Abertas-Português para Imigrantes, da prefeitura de São Paulo.

Publicidade

O projeto, já em andamento, tem o objetivo de oferecer o ensino da língua em todas as regiões da cidade. O curso é oferecido em 11 escolas da Rede Municipal de Ensino (RME) de São Paulo e os alunos imigrantes podem se inscrever na escola onde pretendem frequentar as aulas em qualquer momento do semestre letivo, independentemente da condição migratória e documental.

Dividido em três módulos (básico, intermediário e avançado), é ministrado duas vezes por semana, presencialmente. O conteúdo do curso tem material didático próprio para cada módulo e apresenta atividades que promovem discussões sobre combate ao racismo, machismo e respeito à diversidade de gênero.

Inclusão social

O ensino da Língua Portuguesa é um dos principais instrumentos de acolhimento da população imigrante, permite a inclusão e vida social, a criação e manutenção de relações comunitárias e constitui um caminho para a promoção da cidadania e a garantia no acesso a serviços públicos”, destacou coordenador de Políticas para Imigrantes e Promoção do Trabalho Decente da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Bryan Rodas.

Para efetuar a matrícula, basta apresentar um documento de identificação (serão aceitos os emitidos no Brasil ou mesmo no país de origem) e um comprovante de residência. Caso não possua este último, pode ser preenchida a declaração de residência. Para obter o certificado de cada módulo é necessário que os alunos tenham comparecido a pelo menos 75% das aulas durante o semestre. Cada módulo equivale a 90 horas/aula.

Publicidade

Para mais informações e endereço das escolas basta acessar o site.