Ribeiro diz que não irá à audiência no Senado sobre suposta corrupção no MEC

Milton Ribeiro foi chamado para esclarecer suposta atuação de pastores na pasta. O depoimento estava marcado para esta quinta-feira (31)

Ribeiro diz que não irá à audiência no Senado sobre suposta corrupção no MEC
O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro (Crédito: Andressa Anholete/Getty Images)

O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, informou nesta quarta-feira (30) à Comissão de Educação do Senado que não comparecerá na audiência sobre possíveis irregularidades no Ministério da Educação (MEC). O depoimento estava marcado para esta quinta-feira (31).

Publicidade

Em ofício endereçado ao senador Marcelo Castro (MDB-PI), presidente da Comissão, Ribeiro informa “a impossibilidade de seu comparecimento” no Senado e cita a publicação no “Diário Oficial da União” da data de sua demissão da pasta.

“Informo a impossibilidade de seu comparecimento, tendo em vista a publicação do Decreto de 28 de março de 2022, em edição extra do Diário Oficial da União”, diz o ofício enviado ao senador Castro.

Na última quinta-feira (24), a comissão aprovou um convite ao ex-chefe da Educação para que ele desse explicações sobre suposto favorecimento a pastores na liberação de verbas da pasta.

Originalmente, o pedido era de convocação do ex-ministro, o que tornaria o seu comparecimento obrigatório. Contudo, na reunião do colegiado, os senadores decidiram transformar a convocação em convite, quando a pessoa não é obrigada a comparecer.

Publicidade

Publicidade