Senado convida ministro da Educação para explicar suposto favorecimento a pastores

O ministro deve ser ouvido na próxima quinta (31). Os pastores envolvidos no caso também participarão da audiência

senado-convida-ministro-da-educacao-para-explicar-favorecimento-a-pastores
Milton Ribeiro, Ministro da Educação do Brasil. (Crédito: Andressa Anholete/Getty Images)

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou nesta quinta-feira (24) um convite ao ministro da EducaçãoMilton Ribeiro, para que ele explique o suposto favorecimento a pastores na liberação de verbas da pasta.

Publicidade

Uma audiência para ouvir os outros envolvidos no caso também foi instaurada. Entre os convocados estão os dois pastores supostamente favorecidos pelo ministro, Gilmar Silva e Arilton Moura, além do presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte.

Apresentados pela oposição do governo no Senado, os requerimentos para ouvir Ribeiro pediam a convocação do ministro, o que tem um maior peso político porque, nesse formato, o comparecimento é obrigatório.

Contudo, atendendo a pedido do senador Wellington Fagundes (PL-MT) a convocação foi transformada em convite, quando não há a obrigação da presença. Fagundes argumentou que a convocação não era necessária porque o próprio ministro já havia se colocado à disposição para prestar esclarecimentos à comissão

Os senadores da comissão também adiaram a data da audiência com Milton Ribeiro. Inicialmente, a previsão era a de que o ministro fosse ouvido na terça-feira (28). O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) alegou que estaria em viagem e pediu a mudança da data, o que foi atendido.

Publicidade

No Twitter, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição no Senado, manifestou sua satisfação com a aprovação do convite na Comissão de Educação, Cultura e Esporte da Casa.

Publicidade