Dia Mundial do Refugiado

Venezuelanos representaram maioria de pedidos de refúgio em 2021

Os dados também mostram ainda que 84,6% da população que pediu refúgio tem até 39 anos de idade.

Venezuelanos representaram maioria de pedidos de refúgio em 2021
Refugiados venezuelanos tomam café da manhã na cidade de Pacaraima, no norte de Roraima (Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Os venezuelanos representaram a maioria dos pedidos de refúgio feitos ao Comitê Nacional para Refugiados (Conare) em 2021. Os números estão na sétima edição do relatório Refúgio em Números, pesquisa que mostra o perfil das pessoas que buscam viver no Brasil após deixaram seus países diante de situações de guerra, violência e perseguição política.

Publicidade

De acordo com o levantamento, divulgado hoje (20) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), os cidadãos da Venezuela fizeram 22,8 mil solicitações no ano passado, número equivalente a 78,5% do total, seguido por cidadãos de Angola (6,7%), Haiti (2,7%), Cuba (1,8%), China (1,2%) e outros países (9%).

De acordo com o levantamento divulgado, o Brasil fechou o ano de 2021 com 60 mil refugiados. No mesmo período, foram recebidas 29,1 mil solicitações de pessoas oriundas de 117 países. Os homens solicitaram 53,7% dos pedidos e as mulheres somaram 46,3% do total.

Os dados também mostram ainda que 84,6% da população que pediu refúgio tem até 39 anos de idade.

Em uma década, de 2011 a 2021, 297,8 mil pessoas solicitaram refúgio ao Brasil.

Publicidade

A pesquisa foi feita em parceria com o Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra).

(Agência Brasil)

Publicidade