Ford F-Maxx, uma enorme picape com chassi de caminhão

As reformas nos modelos em série às vezes podem levar a grandes realizações. Nesta ocasião, uma transformação única resultou em um veículo imponente e robusto com um motor de 400 cv

Ford F-Maxx, uma enorme picape com chassi de caminhão
(Crédito: Divulgação)

O mundo das picapes é único e conforme os segmentos crescem, as diferentes caminhonetes se tornam mais imponentes e potentes devido aos seus motores de alta cilindrada.

Publicidade

Em muitos casos, os modelos de série são modificados para obter peças únicas com mecânica atualizada. Entre as empresas que realizam esse tipo de tarefa está a Tropical Cabines, empresa brasileira fundada em 1985 que se dedica a fazer adaptações.

Nos primeiros dias desta empresa, ela se dedicou a fazer versões de cabine dupla para caminhonetes Ford e Chevrolet. Assim, ao longo do tempo, surgiram criações exclusivas derivadas do F-250 e do F-1000 em sua grande maioria, como Tropiclassic (sedan), Tropivan (SUV) e Tropiampo (alongado).

Nos dois últimos casos, os veículos tinham seis portas, algo semelhante ao que acontece com o Ford F-Maxx que descrevemos aqui. Essa caminhonete definitivamente chama a atenção, pois com 7,5 metros de comprimento e 5,95 m de distância entre eixos, é construído sobre um chassi de caminhão, o do Ford Cargo 1723. Ao longo de 14 anos, foram produzidas 30 unidades, cada uma delas com suas peculiaridades .

Por exemplo, o F-Maxx (unidade número 29) possui geladeira, três tetos solares, Wi-Fi para até 55 dispositivos, equipamento de áudio de alta qualidade, painel F-250, bom espaço para passageiros com elementos que proporcionam grande conforto. Três fileiras de assentos e portas USB, entre outros. Por fora, a grade cromada, os faróis de LED da versão Ranger oferecida na Europa e as rodas de 22,5 polegadas impressionam.

Publicidade

Além disso, possui freio de estacionamento a ar, alguns ajustes nas suspensões e motor 6,7 de seis cilindros de 400 cv e transmissão automática de 10 marchas.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade