O projeto Fiat Pulse Abarth está congelado por alto custo?

No início era uma afirmação, mas agora é uma dúvida. A variante esportiva do novo SUV compacto da marca italiana não está confirmada

O projeto Fiat Pulse Abarth está congelado por alto custo
Fiat Pulse Audace (Crédito: Divulgação/ Fiat)

Junto com o lançamento do Fiat Pulse no Brasil, surgiram especulações sobre o desenvolvimento de um projeto desenvolvido na divisão Abarth, que ofereceria não só uma estética mais esportiva, mas também melhor desempenho a partir de um conjunto mecânico mais radicalizado.

Publicidade

No entanto, nos últimos dias, a conta de Jabiraca, graças às contribuições da Auto +, indicou que o projeto estaria congelado devido aos altos custos. Fontes ligadas ao desenvolvimento anunciaram que o Pulse Abarth está em espera devido a discussões no fórum.

Atualmente, a configuração mais cara do Pulse é o Impetus, uma versão que possui uma estética mais “esportiva”.

No caso de continuar com uma variante do Abarth, o problema seria o posicionamento, já que o preço final o colocaria ao nível de outros modelos como o próximo Jeep Renegade ou o futuro Fastback (já em teste), irmão mais velho de o Pulse, que será um pouco maior e terá um estilo cupê.

Se o projeto Abarth continuasse seu curso, todos os três modelos (Renegade-Fastback-Pulse Abarth) sairiam de fábrica com o mesmo motor 1.3 turbo de 175 cv (o mesmo que o novo Compass e Toro). Dessa forma, poderia haver uma disputa interna entre os diferentes SUVs, todos os três competindo no mesmo segmento e na faixa de preço.

Publicidade

Além disso, o Pulse Abarth, uma versão que já foi vista até em testes, deverá ter recalibrações na direção, suspensões, novos para-choques e pneus exclusivos. A isto deve ser adicionada a personalização do exterior e do interior. Além do fato de ainda não haver um anúncio oficial, estaremos em dia para ver as próximas decisões da empresa.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina

Publicidade