EUA pedem para a Petrobras aumentar a produção de petróleo

O Brasil pode integrar um novo patamar de vendedores de petróleo no mercado internacional, causa do conflito entre Rússia e Ucrânia.

EUA pedem para a Petrobras aumentar a produção de petróleo
A rússia prometeu sancionar países do Ocidente, e isso deve incluir a proibição da venda de petróleo a alguns países (Crédito: Mario Tama/Getty Images)

No mês de março, os EUA pediram para a Petrobras aumentar a produção de petróleo devido ao aumento dos preços em função do conflito entre Rússia e Ucrânia. Funcionários da Petrobras disseram, em resposta à Reuters e ao pedido estadunidense, que a capacidade de produção da Petrobras está alinhada ao planejamento de negócios e não à diplomacia entre países. E que um aumento a curto prazo da produção de petróleo não seria viável, embora o aumento da produção em médio prazo esteja nos planos da estatal.

Publicidade

Um porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos disse à Reuters que seu país está preocupado em ajudar os produtores de petróleo a venderem no mercado internacional:

“Estamos fazendo todo o possível com nossos aliados e parceiros para mitigar os impactos econômicos das ações russas em outras economias como o Brasil (…) também estamos trabalhando com as empresas de energia para aumentar sua capacidade de fornecer energia ao mercado, principalmente à medida que os preços aumentam.”

O conflito entre Rússia e Ucrânia afeta fortemente o mercado mundial de combustíveis, visto que a Rússia é um dos maiores produtores de petróleo do mundo. O Brasil atualmente é o 9º país entre os maiores produtores e a expectativa é que essa posição logo suba, com a exploração e produção do petróleo do pré-sal.

Publicidade