novas diretrizes

Conselho da Petrobras vai passar a decidir reajustes de combustível

Até agora, a decisão sobre alteração de preços cabia exclusivamente à diretoria. Mas paridade com cotação internacional do petróleo será mantida, diz empresa

petrobras-altera-politica-de-precos-de-combustiveis
Edifício da Petrobras (Créditos: Wagner Meier/Getty Images)

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (27) mudanças na política de preços. Agora, o Conselho de Administração e também o Conselho Fiscal vão ‘supervisionar’ as decisões sobre os reajustes da gasolina, do diesel e outros combustíveis.

Publicidade

Atualmente, as decisões sobre reajuste de combustíveis cabem ao presidente da estatal, o diretor financeiro e o diretor de logística. Os três decidem, com base na cotação do dólar e do petróleo, e informam ao Conselho de Administração.

Segundo a Petrobras, a mudança ”incorpora uma camada adicional de supervisão da execução das políticas de preço pelo Conselho de Administração e Conselho Fiscal, a partir do reporte trimestral da diretoria executiva, formalizando prática já existente”. 

No comunicado que a Petrobras divulgou ao mercado nesta quinta (27), a estatal informou também que os “procedimentos relacionados à execução da política de preço, tais como, a periodicidade dos ajustes dos preços dos produtos, os percentuais e valores de tais ajustes, a conveniência e oportunidade em relação a decisão dos ajustes dos preços permanecem sob a competência da diretoria executiva”.

Apesar da nova diretriz, a estatal disse que a aprovação “não implica mudança das atuais políticas de preço no mercado interno, alinhadas aos preços internacionais, e tampouco no Estatuto Social da Companhia”.

Publicidade

Publicidade