Teatro Carlos Gomes terá reforma profunda por R$ 20 milhões

Obras começam no primeiro semestre de 2022 e devem ser entregues em até 24 meses. Teatro do Centro de Vitória está fechado desde dezembro de 2017

Teatro Carlos Gomes terá reforma profunda por R$ 20 milhões
Museu é um dos centros culturais mais importantes do ES (Crédito: Foto reprodução Governo do ES)

O Teatro Carlos Gomes, no Centro de Vitória, passará por uma reforma que vai da fachada à recuperação de arquitetura interior a modernização de estrutura. As obras custarão R$ 20 milhões e foram anunciadas pelo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, em cerimônia no Palácio Anchieta na manhã desta quinta-feira (9). 

Publicidade

Segundo o secretário de Estado da Cultura, Fabrício Noronha, as obras vão durar até 24 meses e começam já no primeiro semestre de 2022. O teatro está fechado desde dezembro de 2017.

É uma boa notícia, muito aguardada pelos moradores do Estado, pelos artistas, pelo Centro de Vitória. Será um projeto completo de reforma, que há décadas o teatro não vê, mas merecia“, completa o titular da Secult. 

A empresa responsável pelos trabalhos, o Instituto Modus Vivendi, é a mesma que recentemente entregou o Santuário de Anchieta, no Sul do Estado, quando a Coluna Pedro Permuy noticiou em primeira mão como o local havia ficado.

Essa obra vai resgatar a vida local. Vai revitalizar o Centro de Vitória. E o projeto está muito bom. É muito importante esse passo. E teremos acessibilidade com elevador, terá exposição do teatro, então a gente moderniza o aparelho e o traz para o uso contemporâneo“, celebra Erika Kunkel, presidente e gestora cultural do Instituto Modus Vivendi que também participou do anúncio no Palácio.  

Publicidade

O projeto do Carlos Gomes, já anunciado pelo governo do Estado no início deste ano, custou R$ 337 mil e prevê até instalação de elevador, criação de cafeteria e revitalização total de projetos de acústica, elétrico e de iluminação. 

Com as obras, o aparelho cultural que é dos mais importantes do Espírito Santo ganha nova entrada e recuperação de bilheteria original, um elevador, cafeteria no foyer superior, modernização de todos os sistemas elétricos, hidráulicos, de climatização e do camarim. O local também receberá projetos cenotécnico novos de luz e acústica, segundo a Folha Vitória.