Campeonato Brasileiro Feminino

Corinthians bate Cresspom em jogo 100 de Tamires

A vitória levou o Corinthians a 21 pontos, um a menos que o líder Palmeiras.

brasileiro-feminino-corinthians-bate-cresspom-em-jogo-100-de-tamires
As corintianas abriram o placar aos 23 minutos do primeiro tempo (Créditos: Juan Ignacio Roncoroni – Pool/Getty Images)

O Corinthians assumiu, provisoriamente, a vice-liderança da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Neste domingo (15), o Timão superou o Cresspom-DF por 3 a 0 no estádio Abadião, em Brasília, pela nona rodada da competição.

Publicidade

Foi a centésima partida de Tamires pelo Alvinegro. A lateral de 34 anos, que atua como meia esquerda no time das Brabas, foi a campo usando uma camisa com o número 100 às costas.

A vitória levou o Corinthians a 21 pontos, um a menos que o líder Palmeiras. A equipe paulista torce para que o Internacional não vença o Cruzeiro nesta segunda-feira (16), às 17h30 (horário de Brasília), no Sesc Campestre, em Porto Alegre, para seguir na segunda colocação. O Cresspom, com cinco pontos, permanece na zona de rebaixamento. As Tigresas do Cerrado estão na 14ª e antepenúltima posição.

Publicidade

Publicidade

As corintianas abriram o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. A lateral Juliete invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado, a goleira Quezia defendeue  o rebote explodiu nos pés da zagueira Bruna Amarante, que fez contra. No lance que antecedeu o intervalo, Tamires cobrou escanteio pela direita e a bola sobrou para a zagueira Andressa aumentar a vantagem. Aos três minutos da etapa final, a meia Diany lançou a atacante Gabi Portilho, que driblou Quezia e decidiu a partida.

Em outro jogo deste domingo, o Avaí/Kindermann derrotou o Flamengo por 1 a 0 no estádio Salézio Kindermann, em Caçador (SC). As Leoas Avaianas foram a 11 pontos, deixando a zona de rebaixamento e assumindo, temporariamente, a nona colocação, a um ponto do próprio Rubro-Negro, que fecha o G8.

A meia Fabíola Sandoval, aos dez minutos do primeiro tempo, colocou as anfitriãs à frente. A paraguaia de 22 anos não marcava desde 21 de março, quando balançou as redes quatro vezes na goleada por 5 a 2 sobre o Esmac-PA, também em Caçador. O Flamengo pressionou no segundo tempo, sem êxito.

(Agência Brasil)