Vasco reencontra Felipe e busca evolução defensiva

O Bangu que joga contra o Vasco, precisa vencer para ainda ter chances de classificação para a semifinal da Taça Guanabara

vasco-reencontra-felipe-e-busca-evolucao-defensiva
O Gigante da Colina vai terminar a rodada no G4 da Taça Guanabara mesmo se for derrotado (Crédito: Canva)

Publicidade

O Vasco entra em campo contra o Bangu nesta quinta-feira (17), a partir das 20h30min, em São Januário, com a necessidade de vitória, após perder seu primeiro clássico do ano contra o Botafogo. O Gigante da Colina vai terminar a rodada no G4 da Taça Guanabara mesmo se for derrotado, mas dependendo dos resultados, pode ultrapassar o próprio Glorioso na tabela ou até o Flamengo, se conseguir uma diferença de, pelo menos, cinco gols.

Contudo, o adversário promete jogo difícil. Com seis pontos, sete atrás do Vasco, o Bangu precisa vencer para ainda ter chances de classificação para a semifinal da Taça Guanabara e se manter entre os oito primeiros, garantindo vaga na Taça Rio.

O jogo marca o reencontro de Felipe com o Vasco. O maestro de tantas conquistas como jogador do cruzmaltino, hoje, vai enfrentar seu clube de formação. Mesmo sendo defensor de um jogo propositivo, a tendência é que Felipe deixe o Bangu um pouco mais recuado, e o volante Matheus Barbosa explicou qual deve ser a postura do Gigante da Colina.

Publicidade

“Paciência. A gente tem que procurar impor o nosso ritmo, primeiramente, fazer o que a gente vem treinando. Claro que quando um time está marcando muito baixo, fica com menos espaço para você conseguir infiltrar na defesa adversária, então a gente tem que ter muita paciência e calma, rodar bastante a bola, trocar bastante passes para encontrar os espaços e não dar contra-ataque”.

Matheus Barbosa ganhou a vaga de titular após a lesão de Yuri Lara e faz parte do contestado sistema defensivo do time. Entre os quatro grandes, é o que sofreu mais gols: 7 no total. Apenas em uma partida o goleiro Thiago Rodrigues não foi vazado. Contudo, Matheus Barbosa acredita que a equipe está em evolução.

“É um grupo novo que foi formado. Nos três primeiros jogos a gente tomou cinco gols, e nos últimos três a gente tomou dois. Sendo que no jogo contra o Botafogo a gente não deu muita chance para o adversário, a gente conseguiu controlar bem, dominar as ações. Infelizmente o placar não veio, mas a gente está tendo evolução”.

Publicidade

O técnico Zé Ricardo deve fazer alterações na equipe para o confronto desta quinta-feira (17).  Riquelme e Luis Cangá podem aparecer como novidades e Weverton volta após cumprir suspensão. Desta forma, o Vasco entraria em campo com Thiago Rodrigues, Weverton, Luis Cangá, Anderson Conceição e Riquelme; Matheus Barbosa, Juninho, Nenê e Bruno Nazário; Gabriel Pec e Raniel.

(Agência Brasil)

Publicidade