presidente eleito

De “maligno” a “sua santidade”: Javier Milei conversou com o papa Francisco e o convidou para ir à Argentina

O chefe de Estado do Vaticano telefonou ao presidente eleito para o felicitar pela eleição. Ele desejou “coragem e sabedoria” e Milei contou-lhe algumas de suas idéias

papa-francisco
Papa Francisco – Crédito: Reprodução/Perfil Argentina

Como chefe de Estado do Vaticano, o papa Francisco parabenizou Javier Milei pelo resultado do segundo turno das eleições que aconteceram no último domingo (19). O presidente eleito ficou surpreso quando soube do telefonema do pontífice enquanto este gravava uma entrevista para a televisão.

Publicidade

Dirigindo-se a Francisco como “sua santidade”, Milei manteve um diálogo “agradável e bom”, segundo fontes do partido La Libertad Avanza.

O libertário fez inúmeras acusações contra o papa no passado, chamando-o de reencarnação do “mal”. Poucos dias depois de ser eleito presidente, o economista agradeceu ao pontífice por seu contato e o convidou a visitar a Argentina, onde será recebido “com todas as honras de um chefe de Estado”.

Detalhes da conversa entre Milei e o papa Francisco

A conversa entre Milei e o papa Francisco por telefone durou “entre 8 e 9 minutos”, segundo a Perfil Argentina. O religioso, por sua vez, desejou-lhe “muita coragem e sabedoria” para tirar a Argentina da crise. O presidente eleito agradeceu, disse que tem coragem e que “está tentando”.

Além disso, falaram sobre “a pobreza no país e as propostas de mudança”. Milei contou ao papa os detalhes do novo Ministério do Capital Humano, que envolverá áreas como desenvolvimento social, pobreza, miséria, saúde e educação, temas de grande interesse para o Bispo de Roma.

Publicidade

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.