Partido Conservador

Disputa pela sucessão de Boris Johnson inicia no Reino Unido

O presidente do comitê parlamentar de Relações Exteriores, Tom Tugendhat, anunciou sua candidatura antes mesmo do fim desta quinta-feira (7).

disputa-pela-sucessao-de-boris-johnson-inicia-no-reino-unido
Boris Johnson (Créditos: Carl Court/Getty Images)

Após a renúncia de Boris Johnson nesta quinta-feira (7), começou nesta sexta-feira (8) a disputa no Reino Unido para substituir o ex-líder do Partido Conservador e ex-primeiro ministro. O calendário das eleições internas será anunciado na próxima semana.

Publicidade

O presidente do comitê parlamentar de Relações Exteriores, Tom Tugendhat, anunciou sua candidatura antes mesmo do fim desta quinta-feira (7). Segundo a AFP, uma pesquisa feita pela consultoria YouGov, com eleitores conservadores, o ministro da Defesa, Ben Wallace, e a secretária de Estado de Comércio Internacional, Penny Mordaunt, estão entre os favoritos para o cargo.

No entanto, até o momento, nenhum deles oficializou sua candidatura para assumir a posição de Boris Johnson. Durante seu discurso de renúncia nesta quinta-feira, Johnson declarou que “É claramente a vontade do grupo parlamentar conservador que haja um novo líder do partido e, portanto, um novo primeiro-ministro”.

Ele também afirmou que permanecerá no cargo interinamente, como primeiro-ministro, até que o Partido Conservador realize as eleições internas. Quem for eleito para o cargo, ficará como primeiro-ministro até as próximas eleições legislativas, previstas para 2024.

Publicidade