CONFLITO RÚSSIA/UCRÂNIA

Líder checheno diz que forças russas tomarão Kiev

Forças russas intensificaram ataques no leste da Ucrânia

lider-checheno-diz-que-forcas-russas-tomarao-kiev
Líder da república da Chechênia, Ramzan Kadyrov (Crédito: Dima Korotayev/Epsilon/Getty Images)

O líder da república da Chechênia, Ramzan Kadyrov afirmou nesta segunda-feira (11), que haverá forças russas em Mariupol, Kiev e outras cidades ucranianas. De acordo com a CNN, em um vídeo postado no seu Telegram, Kayrov afirmou também que Luhansk e Donetsk, serão libertadas em primeiro lugar para depois tomar Kiev e todas as outras cidades. O líder checheno ainda disse “que nenhum passo para trás será dado”. 

Publicidade

Kadyrov  já foi mais de uma vez acusado pelos Estados Unidos e pela União Europeia por violação de direitos, que ele nega. O líder da Chechênia disse, ainda, que não há dúvidas que Kiev será tomada. No domingo (10), as forças russas  intensificaram ataques no leste da Ucrânia.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

A mídia Next do Leste Europeu compartilhou o vídeo de Kaydyrov. “Ramzan Kadyrov diz que recebeu uma ordem de Putin para conquistar primeiro todas as regiões de Donetsk e Luhansk e depois disso Kyiv e todas as outras cidades.”

Publicidade


*Este texto contém informações retiradas da CNN Brasil.
 

Publicidade