sanções ocidentais

Líderes do G7 anunciam que vão proibir importação de ouro russo

Sanção tem como objetivo principal atingir importantes oligarcas russos.

lideres-do-g7-anunciam-que-vao-proibir-importacao-de-ouro-russo
Líderes do G7 posam para foto em 26 de junho de 2022 (Crédito: Thomas Lohnes/Getty Images)

Na abertura da cúpula do G7 neste domingo (26) os líderes das sete nações mais ricas do mundo anunciaram que vão proibir a importação de ouro vindo da Rússia. O grupo é formado por Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Japão, Itália e Canadá.

Publicidade

Após chegar à Baviera, na Alemanha, onde a reunião é realizada, o presidente dos EUA, Joe Biden, utilizou sua conta no Twitter para fazer o anúncio. “O G7 anunciará que proibiremos a importação de ouro russo, uma importante exportação que rende dezenas de bilhões de dólares para a Rússia”, publicou.

Em comunicado, o governo do Reino Unido informou que a sanção é a primeira desta natureza aplicada contra um país no mundo. Ainda de acordo com o posicionamento, o valor do metal aumentou para a elite russa nos últimos meses, tendo em vista que os oligarcas passaram a comprar barras de ouro para “evitar o impacto financeiro das sanções ocidentais”.

“As medidas que anunciamos hoje atingirão diretamente os oligarcas russos e atingirão o coração da máquina de guerra de Putin”, afirmou o primeiro-ministro Boris Johnson.

Publicidade

 

 

 

Publicidade